jusbrasil.com.br
17 de Outubro de 2019

8 dicas para melhorar o engajamento nos seus artigos jurídicos

Comunidade Jusbrasil
Publicado por Comunidade Jusbrasil
há 14 dias

Publicado por Juliana Jennifer

O Jusbrasil contribui significativamente na relação entre justiça e sociedade. Aqui temos uma comunidade que recebe cerca de 250 publicações por dia dos mais variados formatos (textos; vídeos; mapas mentais; infográficos; podcasts e mais), e por outro lado pessoas que buscam por esse conteúdo (leigos; juristas e interessados por assuntos relacionados à justiça).

No meio de tantas publicações, é preciso seguir algumas boas práticas para deixar sua publicação mais visível e ao alcance do leitor. E isso está totalmente atrelado à nossa missão de conectar pessoas à justiça através da informação. Bons conteúdos alcançam uma quantidade maior de leitores e incitam pessoas a participarem de forma voluntária (engajarem), além de estabelecer um relacionamento sólido entre você e seu público.

1- Entenda quem é o seu público

Esse é um ponto essencial para qualquer tipo de publicação. Entender quem é seu público é saber quem tem interesse pelo seu conteúdo. Assim, direcionar a linguagem e o formato das suas publicações se torna uma tarefa mais fácil. Entenda o que gostariam de ler; aprender; se informar. Você com certeza vai estar à frente dos autores que simplesmente publicam para ver o que acontece.

Para isso, você pode fazer uma pesquisa - como publicar um artigo e pedir que os leitores comentem se gostaram ou não da publicação; pedir feedbacks e sugestões de conteúdos que gostariam de ver ou entrar em contato com uma quantidade X de leitores através do Direct Message do Jusbrasil fazendo algumas perguntas para entendê-lo melhor. Depois disso, anote os dados coletados e analise o resultado.

2- Saiba escolher entre conteúdo evergreen ou noticioso

Considero essa dica importante porque algumas vezes, conteúdos engajam mais ou menos que outros simplesmente pelo tema. Conteúdos evergreen são aqueles que sempre estarão ‘verdes’, ou seja, serão relevantes e procurados a qualquer tempo.

Boa parte dos conteúdos que você lê, ouve e assiste são perenes ou ‘evergreen’.

Já os conteúdos noticiosos abordam temas atuais e comentados em tempo real, e por isso dão um boom de interações. Se você quiser um engajamento maior e momentâneo, publique conteúdos noticiosos e com qualidade.

Como exemplo, o pessoal do Ibijus pública um formato de Notícia comentada. É uma ótima forma de expressar uma análise jurídica ou opinião embasada sobre uma notícia e gerar engajamento entre os leitores. Procure se manter informado sobre atualidades em sites de notícia com credibilidade.

Muitas vezes o simples fato de saber escolher qual tipo de conteúdo produzir no momento pode interferir no engajamento das suas publicações.

3- Escreva com clareza (dê exemplos)

Seus leitores precisam entender o que seu texto quer passar. Seja objetivo e evite repetir pensamentos, palavras-chave e frases. Faça o público se sentir confortável em ver seu conteúdo. Textos redundantes são cansativos, ainda mais para o público leigo. O principal objetivo aqui é facilitar o acesso de pessoas que precisam daquela informação.

Muitas vezes, assuntos jurídicos possuem fundamentos teóricos e abstratos, e consequentemente difíceis de explicar. Para facilitar a comunicação, procure encaixar exemplos do cotidiano na informação que deseja passar. Infelizmente, boa parte da nossa população é leiga e não conhece seus direitos, busque sempre transcrever a informação ao acesso delas.

4- Produza um texto escaneável

Tornar a publicação escaneável é otimizar o conteúdo produzido para facilitar a experiência de leitura do usuário. As técnicas de utilizar listas, negrito, itálico e evitar trechos muito longos, por exemplo, tornam o conteúdo escaneável. Práticas:

  • Divida o texto em subtítulos

  • Desenvolva em parágrafos pequenos e objetivos

  • Saiba formatar (negrito; listas; itálico e números quando necessário)

  • Utilize imagem (conteúdos não verbais são atrativos)

5- Teste outros formatos de conteúdo

Desenvolva seu leque de conteúdos. Produza infográficos, imagens explicativas, resumos, guias, vídeos e compare o que funciona melhor para seus leitores, e o que gera mais engajamento.

6- Publique com frequência (e interaja!)

Manter uma frequência de publicações é uma das dicas mais importantes. Quando as pessoas seguem seu perfil no Jusbrasil, elas esperam ver mais publicações suas.

Se você publicar esporadicamente, além de não acrescentar ao público, diminuirá significativamente o seu engajamento. Crie um calendário de publicações de acordo com sua disponibilidade e procure não postar mais de um conteúdo por vez.

Além disso, interaja com seus leitores. Se eles estão comentando, recomendando e compartilhando seu conteúdo jurídico, estarão gerando engajamento. Responda os comentários e esclareça as dúvidas. Eles valorizam essa atitude.

7- Compartilhe seus conteúdos em outras redes

Atraia leitores de outras redes e compartilhe informação. É possível compartilhar um conteúdo através do Jusbrasil. Caso não saiba com fazer, dá uma olhada nesse guia rápido. Mas tenha atenção a qual rede social o conteúdo se encaixa. Por exemplo, conteúdo jurídico para leigos pode não ser interessante para o público do LinkedIn. Pesquise antes qual o público central de cada rede social.

8- Crie CTA’s

Convide o autor para recomendar, comentar e compartilhar o seu texto no final da publicação. CTA é uma sigla que significa “call to action”, ou seja, chamar para fazer uma ação. É extremamente importante para estratégias de marketing de conteúdo, porque cria uma comunicação objetiva e induz o aumento do engajamento. Exemplo: “Deixe aqui seu comentário. O que você acha sobre o tema?”, “Acesse e leia esse artigo relacionado”, “Visite minha página na web”.


Gostou do artigo? Recomende 👍 e siga o perfil da Comunidade Jusbrasil! Caso queira mais dicas ou busque entender sobre outro assunto relacionado, sugira um novo tema nos comentários. Iremos escrever sobre :)

4 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Excelente! continuar lendo

Obrigada, Thiago! continuar lendo

Dicas Maravilhosas continuar lendo

Que bom que foram úteis! Abraço! continuar lendo