jusbrasil.com.br
17 de Setembro de 2019

Guia completo para publicar seu texto no Jusbrasil

Dicas de produção de conteúdo jurídico para internet.

Comunidade Jusbrasil
Publicado por Comunidade Jusbrasil
há 8 dias

Publicado por Natália Oliveira

Temos uma missão aqui na comunidade Jusbrasil de responder todas as questões jurídicas. Além de ajudar a população com as respostas, também podemos ajudar você, que produz conteúdo jurídico para a internet, a aproveitar a incrível visibilidade que existe aqui no Jusbrasil – já batemos mais de 2 milhões de visitas em um único dia!

Esse artigo é para você que quer começar a publicar no Jusbrasil ou até já pública, mas tem dúvidas de como ter os melhores resultados possíveis. Vale lembrar que participar da comunidade (ler, recomendar, comentar, compartilhar e publicar) é gratuito.

Tipos de conteúdo e tipos de público

Para postar um texto basta seguir nossas Regras de Publicação. Essas regras são as diretrizes mais básicas e essenciais para quem escreve no site.

Por aqui encontramos desde entrevistas com desembargadoras, podcasts e artigos para leigos, até artigos científicos e modelos de sentença, ou seja, existe espaço para todos os tipos de conteúdo jurídico.

A grande questão é: quem você deseja atingir/atrair? É importante entender qual o público-alvo de cada tipo de publicação para melhor direcionar sua linguagem.

Você pode atingir dois públicos:

  1. Cidadãos procurando seus direitos

  2. Advogados, estudantes de Direito, entre outros profissionais da área jurídica

O essencial para todos os criadores

Algumas coisas são básicas para aumentar a sua visibilidade:

O título é a primeira coisa a atrair o leitor e seu melhor formato vai depender do conteúdo que você quer publicar. Siga as dicas específicas para cada tipo de conteúdo que estão mais adiante no texto.

Adicionar tópicos (tags; palavras-chave relacionadas ao assunto do texto) é essencial para organizar e distribuir o artigo. Dê preferência a usar tópicos que já existem, pois criar um tópico significa que ele irá começar com 0 seguidores. Além disso, evite colocar muitos tópicos (no máximo 8). Mais importante: não coloque muitos tópicos e fora do tema principal na intenção de “bombar” o seu texto.

Eles ficam logo acima do título:

Evite deixar o subtítulo grande. Algumas pessoas colocam no subtítulo aquilo que deveria ser o primeiro parágrafo do texto. Reserve para o subtítulo uma chamada/esclarecimento breve sobre o assunto, de 2, 3 linhas.

Quanto ao horário de publicação, o melhor é pela manhã em dias úteis. De tardinha, de noite, feriados e finais de semana costumam ter menos acessos no site, ou seja, menos leitores online. É bem comum que documentos publicados de noite acabem “esfriando”.

Com exceção dos modelos de peças e artigos científicos, as imagens são muito bem-vindas e úteis. Imagens costumam atrair mais pessoas e também são um recurso interessante para dar uma ideia inicial do texto. Dois bons sites de imagens gratuitas que recomendamos são o Unsplash e o Pixabay.

Uma boa estrutura ajuda na organização e consequentemente na leitura do texto, além de ter implicações em mecanismos de busca, como o Google. Se você sabe utilizar bem o editor de texto do Jus, vai sair ganhando: ele possui recursos para embutir links, separar o texto em headers (cabeçalhos, que têm o símbolo de H), por exemplo. Se quiser dominar o editor dá uma lida sobre a ferramenta na seção de Ajuda.

Não é obrigatório, mas você pode colocar links discretos ao final do artigo com as suas redes sociais ou site. Isso serve para divulgar a seus leitores outras formas de te acompanhar.

Artigos web para leigos

Público: cidadãos procurando seus direitos.

Esse tipo de artigo está em total sintonia com a missão da comunidade Jusbrasil e também é o melhor conteúdo para advogados que desejam atrair leitores leigos no direito.

Se você estiver sem ideia do que publicar, dê uma olhada no perfil Jusbrasil Perguntas e Respostas, que serve como um banco de dúvidas da população. Isso vai te ajudar a definir o que escrever, com base no que as pessoas querem saber.

Dicas:

  1. No título, faça uma pergunta como um leigo faria no Google. Exemplo: Como faço para me divorciar?

  2. Se possível, responda a pergunta do título logo no primeiro parágrafo

  3. Seja claro e objetivo

  4. Evite parágrafos longos

  5. Evite juridiquês

  6. Evite copiar e colar jurisprudências inteiras ou códigos

No título, faça uma pergunta como um leigo faria no Google

A 1ª dica é pensada em termos de SEO (traduzindo: otimização para mecanismos de busca, como o Google, por exemplo). Ou seja, te ajuda a aparecer mais facilmente quando pessoas leigas procurarem informação jurídica na internet. É muito mais comum que uma pessoa faça uma pergunta com termos coloquiais do que pesquisar diretamente por “usucapião”, por exemplo.

Se possível, responda a pergunta do título logo no primeiro parágrafoA 2º dica é essencial para manter o leitor na página. Na internet, as coisas acontecem de forma instantânea e é assim que o leitor leigo tende a buscar a informação. Se não encontrar a resposta, ou algo o mais próximo possível dela, logo no início, vai abandonar o texto.

Seja claro e objetivo, evite parágrafos longos

A 3ª e 4ª dicas estão em sintonia. Lembre-se que seu interlocutor não é da área jurídica e não vai ter tanta paciência com muitas voltas na informação e parágrafos longos.

Evite juridiquês e copiar e colar jurisprudências inteiras ou códigos

As dicas 5 e 6 também têm tudo a ver: pessoas leigas desconhecem termos e citações técnicas jurídicos. Se a pessoa não entender o juridiquês, não terá muito o que fazer com uma citação de jurisprudência de 6 linhas.

Artigos web para juristas

Público: juristas e estudantes de Direito.

São textos em que o conteúdo só pode ser melhor compreendido por pessoas do Direito, mas não possuem estrutura de artigo científico.

Podem ter um caráter de argumentação sobre um assunto controverso, de dicas de carreira, networking e marketing ético dentro da área, podem ser um resumo acadêmico, um post sobre adversidades da vida de um advogado, uma crônica bem-humorada da rotina, etc. O principal é estar dentro do mundo jurídico!

Dicas:

  1. Evite títulos genéricos. Exemplo: ao invés de colocar “Usucapião”, utilize algo mais atrativo, como ”O essencial de usucapião que todo advogado deve saber”

  2. Embase sua argumentação em doutrina, jurisprudência, norma, etc, evite achismos e conteúdos puramente partidários/políticos

O título atrativo vai te ajudar a se destacar de tantos outros conteúdos com o mesmo título, e fazer uma boa argumentação jurídica é essencial para mostrar credibilidade perante o público escolhido. Em temas bem-humorados, use a criatividade :)

Modelos e peças

Público: em sua maioria advogados e estudantes de Direito.

Se você já pesquisou por um modelo de peça e parou no Jus, saiba que foi uma pessoa como você que postou o modelo para a comunidade usufruir. Esses documentos geram uma visibilidade incrível depois de algum tempo sendo pesquisados na internet.

Dicas:

  1. Não coloque informações pessoais

  2. Certifique-se que você tem permissão para postar a peça

  3. Não publique incompleto para vender materiais

Artigos acadêmicos

Público: estudantes de Direito, pesquisadores e juristas em geral.

Este tipo de documento costuma demorar a ter visibilidade, pois na internet é comum que as pessoas busquem informações rápidas. Entretanto, são essenciais para tornar acessível a produção científica, que geralmente não é tão fácil de se encontrar.

Dicas:

  1. Siga as regras da ABNT

  2. Não cometa plágios, verifique o seu texto antes de postar

  3. Se for em co-autoria, verifique se a pessoa deseja que o artigo seja publicado (se sim, aproveite e coloque um link para o perfil da pessoa!)

Publicação com vídeo ou podcast

Aqui o público depende do conteúdo do vídeo ou do podcast.

Dica:

  1. Escreva pelo menos 2 ou 3 parágrafos explicando o tema para que sua publicação seja mais facilmente encontrada na internet

  2. Você também pode colocar um artigo junto com o vídeo/podcast, o que tornará o conteúdo ainda mais relevante

  3. Não esqueça que para carregar o vídeo no Jusbrasil basta colar o link no editor e dar um “enter”

Uma publicação no Jus que só contém vídeo ou somente um link para um podcast não é tão atrativa, principalmente porque as pessoas estão acostumadas a buscar textos por aqui. Além disso, buscadores como o Google costumam dar grande peso para o conteúdo que está escrito.

Para saber um pouco mais sobre postagem de vídeo dá uma lida nesse artigo.

Dicas de artigos para se aprofundar

Aqui na comunidade temos textos muito bons sobre produção de conteúdo jurídico para internet, como isso pode te ajudar com seu marketing jurídico e também dicas do que postar, dá só uma olhada:


Photos by Álvaro Serrano, Jacek Dylag, Samuel Zeller, Cytonn Photography, Alfons Morales and Marco Xu, on Unsplash

6 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Natália, é um "guia completo" meeesmo!
Obrigada e parabéns!!! continuar lendo

Valeu, @waleriacosta! Espero que possa ajudar muita gente ;) continuar lendo

Natália, quanta precisão! Parabéns! Agradeço sua disposição. continuar lendo

Conteúdo de muito valor, Natália! Vai me auxiliar muito nas futuras publicações!

Parabéns! continuar lendo