jusbrasil.com.br
17 de Setembro de 2019

Nordestina e dona de um projeto inspirador. Conheça Lorena Lucena, autora no Jusbrasil

Comunidade Jusbrasil
Publicado por Comunidade Jusbrasil
há 28 dias

Este conteúdo faz parte da missão da nossa comunidade: Responder todas as questões jurídicas. Ainda não conhece a comunidade Jusbrasil? Saiba mais sobre como ajudamos o Brasil a ser um país mais justo.

Quando você passa a entender seus pontos fortes e seus pontos fracos, e começa a trabalhar pesado em seus pontos fortes, você entende que tudo na vida é possível, mesmo com todas as dificuldades encontradas ao longo do caminho.“

Lorena Lucena é a definição de várias mulheres em uma só. Ela nasceu em Fortaleza/CE, tem 36 anos, é formada em Direito, Administração de Empresas e é especialista em Perícia e Auditoria Ambiental. É uma nordestina retada que conseguiu unir suas duas graduações na busca por ajudar o próximo. A Lorena também é escritora, palestrante, professora e muito mais. Confere!

Saiba sobre o curso "Manual de uma Jovem Advogada".

O que te fez optar pelo Direito?

Desde muito nova eu sabia que iria optar por uma profissão e carreira que eu pudesse ajudar ao próximo. Mas na verdade, eu entrei na Faculdade de Direito para aproveitar que já estava estudando para concurso, e por questões táticas, estudaria as disciplinas que mais caem em concurso (administrativo, constitucional, etc.) nos primeiros semestres e aproveitaria para ter uma segunda graduação.

Todavia, eu não contava que iria me apaixonar pelo Direito ao ponto de esquecer concurso público e me focar, exclusivamente ao Direito e à advocacia.

Conta um pouco sobre o Projeto Direito Sem Aperreio. O que te fez pensar nesse nome?

O Projeto Direito Sem Aperreio nasceu de uma inquietude em ajudar ao próximo, honrar com o compromisso firmado na graduação e humanizar a advocacia. Bem como, auxiliar a população em geral, estudantes e jovens advogados na carreira, e, oferecer treinamento das técnicas que desenvolvi, unindo minhas 2 graduações: Administração de Empresas e Direito.

Já o nome Direito Sem Aperreio foi escolhido por eu ser nordestina, com muito orgulho, e para quem conhece o linguajar do Nordeste sabe que “aperreio” quer dizer: agonia, estresse. Então, Direito Sem Aperreio, aprender Direito sem Estresse, de forma lúdica!

O Projeto foi indicado para o Prêmio Innovare 2019, na categoria Advocacia, e no final do ano iremos conhecer os vencedores. Contudo, ganhando ou não, já estamos muito felizes pela indicação, pois demonstra a seriedade do nosso trabalho e a amplitude que este Projeto possui.

Com isso, expandi o Projeto para novos colunistas, para que pudesse auxiliá-los com as técnicas de escrita, bem como alavancar a advocacia deles, além de ganhar autoridade no mercado para cada um dos colunistas do Projeto, em suas áreas de expertise.

Daí surgiu o Projeto Direito Sem Aperreio, um Projeto voltado para o cidadão, para que aprendam os seus direitos, de maneira clara e objetiva e para que a jovem advocacia tenha oportunidade de ser inserida no mercado de trabalho.

Hoje possuo um Blog, com mais de 400 publicações, nas mais variadas searas do Direito, todas voltadas à orientação gratuita da população. Bem como o Canal no Youtube – Direito Sem Aperreio, com quase 1.500 inscritos e quase 100 vídeos disponíveis!

O que te fez escolher a área de Direito Ambiental?

A escolha, inicialmente, foi bem estratégica, pois em 2009 eu fiz a cadeira de Direito Ambiental, o que me fez entrar no MBA em 2010 para estudar Auditoria e Perícia Ambiental. No início recebi inúmeros feedbacks negativos, haja vista que a maioria das pessoas diziam que Direito Ambiental não dava dinheiro, que ninguém se preocupava.

No meio do MBA eu me apaixonei de vez pelo Direito Ambiental, e a estratégia passou a ser um projeto de vida! Hoje, atuo como Consultora, Parecerista, Compliance Officer, Professora e Palestrante em Direito Ambiental, com inúmeras publicações e Congressos, nacionais e internacionais, apresentados na seara ambiental.

O Direito Ambiental tem se tornado uma das áreas mais promissoras na advocacia. Quais dicas daria para quem quer advogar nessa área?

O nicho de mercado do Direito Ambiental é bem amplo, haja vista que existem diversas escolhas dentro desta área de atuação, como por exemplo: licenciamento ambiental, defesa de infrações e multas, desenvolvimento de Estudos de Impactos Ambientais – EIA/RIMA, desenvolvimento de Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), dentre tantos outros.

A dica que eu dou, para qualquer profissional que deseje atuar em uma área específica, é que você desenvolva sua estratégia de mercado, seu nicho de mercado, sua persona (público-alvo) e inicie os estudos focados na área escolhida. Além disso, você deve se especializar, fazer cursos específicos, participar de Comissões temáticas da OAB, ministrar palestras na área, para se tornar referência!

Quais dificuldades você enfrenta atualmente na sua área de atuação?

As maiores dificuldades ainda são a burocracia, em certos procedimentos, e os empresários que não possuem o senso preventivo. Preferem, ao invés de tocar sua atividade de forma totalmente consciente e cumprindo todas as exigências legais, atuarem sem licenças válidas, sem estudos obrigatórios, gerando danos ao meio ambiente e multas exorbitantes.

O que você espera para o futuro do Direito Ambiental?

Já estamos vivenciando uma era de desburocratização de alguns órgãos e exigências legais, todavia, é necessária muita responsabilidade com o meio ambiente, para conseguirmos unir o desenvolvimento sustentável ao desenvolvimento econômico.

Por isso, espero um futuro ainda mais promissor para o Direito Ambiental, principalmente voltado para a área de Consultoria Jurídica Ambiental!

Como membra da Comissão de Direito Ambiental, quais ações te ajudam a evidenciar a importância desses temas?

Somos uma Comissão muito dedicada, com estudos focados, apresentações de temas relevantes e membros engajados e experts em suas áreas de conhecimento. Além disso, o presidente da Comissão de Direito Ambiental da OAB/CE é um ativista na área há anos, o que nos dá um respaldo tremendo em decisões voltadas à defesa e preservação do meio ambiente.

Você já possui alguns livros publicados. Pode nos contar um pouco sobre sua carreira de escritora?

Sobre este tema, tenho uma história motivacional que gosto sempre de mencionar, para que qualquer pessoa que queira se destacar lembre disso!

Logo que me formei fui trabalhar em um escritório, e, certo dia, minha “chefe” pediu para conversar comigo e disse: Lorena, você não sabe escrever! Como será uma boa advogada se não sabe escrever?

Lembro-me que isso me deixou pensativa, mas em nenhum momento tirou minha vontade de crescer e ser a melhor no que eu faço, pelo contrário, tirei desta frase uma motivação para me tornar a melhor copywriter jurídica!

Além disso, minhas orientadoras na Faculdade também tiveram um papel muito importante na minha vida de escritora e pesquisadora, pois quando nem eu acreditava em meu potencial, tive os melhores conselhos e orientação jurídica, o que me abriu os olhos para a pesquisa e para a docência!

Foi assim que eu iniciei na escrita, pegando situações ruins e transformando-as em história de superação!

O que te fez começar a publicar no Jusbrasil?

Começou como uma brincadeira, pensei: vou escrever aqui e ver se tem algum doido ou alguma doida que se interessa em ler minhas pesquisas.

No início, tinha um engajamento baixíssimo, mas não me desmotivei, pelo contrário, comecei daí meus estudos ao copywriting e iniciei as técnicas em meus textos, logo vi a diferença: artigos que tinham 1.000 visualizações, logo passaram ao patamar de 80 mil visualizações!

Hoje, recebo mensagens de todos os lugares do Brasil, de amigos e pessoas que ainda não conheço, dizendo que se basearam em minhas publicações para embasar uma tese jurídica, e isso não tem preço!

Você contou que irá lançar um curso sobre Marketing Jurídico. Na sua opinião, qual a importância desse tema na advocacia?

O Marketing é um alicerce para TODAS as profissões e eu não tenho a menor dúvida em afirmar isto! Na advocacia não seria diferente: somos uma empresa, mesmo que o profissional trabalhe de forma autônoma, que seja uma sociedade unipessoal, sociedade simples, enfim, seja lá o modelo jurídico que escolher para atuar, tenham em mente que vocês são uma empresa, e empresas precisam de ferramentas de gestão, inovação, estudos focados, marketing, enfim, uma empresa necessita de estratégias para se destacar no mercado.

O Curso – Manual de Uma Jovem Advogada será lançado nos próximos dias, e teve início com os meus estudos focados, onde percebi que os estudantes, jovens advogados e até colegas que já possuíam uma estrada na advocacia não sabiam vender, não tinham a menor noção de como conduzir uma reunião, em como deveria prospectar clientes, redigir seus contratos, dentre tantas outras atribuições e habilidades necessárias para o sucesso de uma empresa e da sua advocacia.

Foi daí que resolvi unir minhas duas formações e começar a planejar um Curso focado, para economizar 4 anos em 1 na vida de vocês! O Curso está na fase final de edição, contando com:

- 4 Módulos, divididos em 17 aulas, 2 aulas bônus, material didático completo e mais de 7 horas de gravação.

Menciono aqui algumas dessas aulas, para que vocês entendam a relevância deste Curso:

Marketing Jurídico dentro dos limites do Código de Éticas; como fazer uma reunião com cliente; Inbound Marketing, como fazer um Plano de Negócios, Audiência na Prática: Passo a passo da Audiência de Conciliação e de Instrução, dentre outros.

Acompanhem as minhas redes sociais que ainda tenho uma surpresa para quem se interessar no curso: haverá desconto para os primeiros que adquirirem esta pérola da advocacia!

Qual a diferença entre a autora que você era da autora que é hoje?

Quando você passa a entender seus pontos fortes e seus pontos fracos, e começa a trabalhar pesado em seus pontos fortes, você entende que tudo na vida é possível, mesmo com todas as dificuldades encontradas ao longo do caminho.

Fiz a minha análise SWOT (síntese das habilidades internas e externas) e descobri que o meu forte era a escrita, mesmo contrariando a minha maravilhosa “chefe”, rs. E com isso, dediquei muitos anos com o estudo de técnicas de escrita, tanto para prospectar clientes, como para criar minha autoridade, fazer networking, parcerias, como, também, utilizando todas essas técnicas para ganhar ações.

Então, a autora de hoje está madura e pronta para alcançar novos desafios! E qual a dica que deixo para vocês? Nunca desistam, os sonhos da gente não podem morrer!

Como você acompanha sua visibilidade e desempenho dos seus artigos na web?

Acompanho minhas métricas por ferramentas específicas, como o Google ADS, que possuo em meu Blog, pelas estatísticas, que possuo no Canal do Youtube, e, também, por meio do e-mail marketing, bem como pelo SEO.

Quais recompensas a produção de conteúdo jurídico já te trouxe?

Contratos firmados no Brasil e no mundo, apresentação e publicação de artigos no Brasil e no mundo, indicação ao Prêmio Innovare 2019, ministrar Cursos e Palestras, iniciar a docência em Pós-Graduações, dentre tantas outras alegrias!

Qual seu objetivo dentro da comunidade Jusbrasil?

Continuar engajando a comunidade com a escrita dos meus artigos e dos artigos da minha equipe de colunistas, para alcançarmos o maior número de pessoas.

Quanto tempo você disponibiliza para participar da comunidade Jusbrasil?

Pelo menos 1 hora por dia, com a disponibilização dos artigos, dicas e notícias, bem como a pesquisa de jurisprudência e leitura de artigos dos colegas da comunidade, que sempre são muito bons!

16 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Adorei conhecer sua história, Lorena!

Muito inspiradora!

Parabéns pelas conquistas e por mostrar pra gente que o direito vai muito além de ganhos financeiros e causas na justiça. Podemos impactar vidas e o meio em que a gente vive!

Abraços! continuar lendo

Oi Pedro, tudo bem?

Como você mencionou, o Direito é um dom! Nem sempre estamos bem para nós mesmos, mas, chega alguém precisando da nossa advocacia e vamos à luta.

Um forte abraço! continuar lendo

@lucenatorres que entrevista gostosa de ler!

Muito bom saber um pouco mais de sua história e toda a sua dedicação com a nossa comunidade.

Obrigado por sempre nos ajudar com nossa missão, fico muito feliz de poder contar contigo nessa caminhada!

Abraço gigante!

p.s: Mesmo você me chamando de Lucas. hahahahahaha continuar lendo

Meu querido Igor, nunca mais troco seu nome, rs.

Mas foi por uma boa causa! Agradeço todo o carinho e aprendizado que vocês nos dão todos os dias. Este projeto é lindo continuar lendo

É incrível acompanhar o crescimento de pessoas fantásticas na comunidade. @lucenatorres parabéns por toda a sua dedicação! continuar lendo

Querida Natália,

Quando leio nossas mensagens eu lembro de uma em que lhe perguntava como poderia fazer para chegar ao topo e você me disse: calma, você chega lá. E vocês me ajudaram a isso! Gratidão continuar lendo

Uau, que entrevista top!
Lorena, tu arrasa mulher!

Amo ver pessoas crescendo, ver mulheres fazendo história, é maravilhoso!
Mais sucesso ainda para ti e tudo de bom!
Quanto a não deixar que atrapalhe seus sonhos, isso é muito verdade.
Força e coragem sempre!!!
Abraço e sucesso!!! continuar lendo

Oi Suely, tudo bom?

Olha que o Jus já nos trouxe muitas emoções heim? Esse ano estávamos nos conhecendo virtualmente por causa desta maravilhosa plataforma e agora nos esbarramos por aqui de novo!

Agradeço muito pelas palavras e o carinho de sempre. Desejo sucesso em todos os seus caminhos. Um abraço! continuar lendo